VOCÊ ESTÁ LENDO: Ansiedade: Sintomas físicos e psicológicos

Conheça alguns dos principais sintomas físicos e psicológicos da ansiedade e saiba identificar o problema.

A ansiedade é um problema que afeta a saúde, a qualidade de vida e o bem-estar. Saber identificar os seus sintomas é muito importante para que seja possível buscar o tratamento adequado, evitando que o quadro se agrave.

Diferentemente de um quadro de nervosismo ou estresse que acontece com todas as pessoas, a ansiedade patológica precisa ser levada à sério.

Caso o paciente não receba o devido tratamento poderá desenvolver crises de medo, fobias e outros problemas psicológicos.

A ansiedade também se trata de um estado psíquico, onde a mente dá sinais de alerta ao inconsciente.

Alguns fatores contribuem para que ela aumente. É o caso das coações sociais como conseguir um bom emprego, cumprir metas, ter um estilo de vida ideal, formar uma família e outros. 

A pandemia do coronavírus também contribuiu para que o número de pessoas com ansiedade aumentasse significativamente nos últimos anos.

A seguir, falamos sobre alguns dos principais sintomas da ansiedade. 

 

Principais sintomas da ansiedade 

A ansiedade é um estado de inquietação e incômodo que afeta o pensamento e acarreta em emoções como medo, insegurança, incerteza, entre outras. A seguir, separamos os sintomas da ansiedade entre os físicos e psicológicos.

 

Sintomas físicos da ansiedade 

  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Dificuldade de respirar;
  • Problemas gástricos como náuseas e vômitos;
  • Tremores nas mãos;
  • Sensação de boca seca;
  • Tontura ou sensação de desmaio;
  • Sensação de aperto e dores no peito;
  • Dor de barriga, podendo ter diarreia;
  • Tensão muscular;
  • Roer as unhas;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade para dormir.

 

Sintomas psicológicos da ansiedade 

  • Estado de nervosismo;
  • Insegurança;
  • Medo de ameaças ou paranoia;
  • Agitação constante com balanço de pernas e braços;
  • Dificuldade de concentração;
  • Medo constante;
  • Preocupação excessiva;
  • Sensação de que algo ruim pode acontecer;
  • Descontrole dos próprios pensamentos;
  • Sensação de morte.

De modo geral, a pessoa com ansiedade pode apresentar vários sintomas ao mesmo tempo. Principalmente em momentos importantes ou quando existe a necessidade de se expor para outras pessoas, como em apresentações de trabalhos e reuniões.

Nas crianças, o mais comum é que se apresentem sintomas isolados. É sempre muito importante consultar um pediatra.

Caso não tratada, a ansiedade começa a afetar o funcionamento normal da vida cotidiana e prejudica a conduta do indivíduo. Aos poucos, problemas como baixo rendimento pessoal e profissional aparecem de maneira evidente. 

Portanto, se você está sentindo esses sintomas, pode ser o momento de buscar ajuda.

 

Onde buscar ajuda?

O ideal é procurar por um psicólogo para diagnóstico e tratamento. Cada caso pode ser tratado de maneira específica com uso ou não de medicação, terapias e outros métodos.

O SUS (Sistema Único de Saúde) disponibiliza o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), uma ferramenta onde é possível contar com atendimentos psicológicos totalmente gratuitos. Procure pelo CAPS da sua cidade ou dirija-se até uma unidade de saúde e os profissionais irão te encaminhar para o local mais adequado.

Mas, não deixe de pedir ajuda!

Compartilhe nas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Veja outros posts...