5 principais momentos da história do Brasil

5 principais momentos da história do Brasil

História do Brasil: do período Pré-cabraliano até a Nova República

A história do Brasil é algo cobrado em todos os vestibulares e também nas provas do Enem. Além disso, é fundamental conhecer de onde viemos e entender, a partir disso, a situação do Brasil hoje nos mais diversos aspectos. A questão é que estamos falando da história de um país com “mais de 500 anos” e, muitas vezes, um resumo geral sobre o assunto pode ser bem interessante.

E como uma das nossas missões por aqui é ajudá-lo a alcançar os seus objetivos — entrar para a faculdade — fizemos um conteúdo com um bom resumo sobre a história do nosso país com os principais acontecimentos. Confira abaixo!

1. Período Pré-cabraliano

Trata-se do período antes de Pedro Álvares Cabral alcançar a costa brasileira. Os primeiros povos chegaram aqui há mais de 60 mil anos, porém ainda não se sabe ao certo, pois não há registros que comprovem a presença desses povos no território. Porém, foram encontrados os sambaquis, que são depósitos de ossos e conchas de moluscos. Por meio deles é possível estimar as primeiras populações que habitaram o Brasil há quase 8 mil anos.

2. Período Pré-colonial

É um período que vai de 1500 a 1530, quando os portugueses chegaram ao Brasil e aqui ainda não era considerada uma colônia portuguesa. 

Inicialmente, Portugal não teve grande interesse pelas novas terras, mas começou a realizar excursões de exploração para reconhecimento e mapeamento do território, além de fazer contato com os índios. Começou também a exportação da principal matéria-prima do período, o Pau-Brasil.

3. Período Colonial

Momento em que Portugal começa a utilizar as terras brasileiras com o intuito de transformá-las em sua colônia. Diversos portugueses vieram para o país residir aqui em busca de riquezas que não conseguiam na Europa. 

Foi também nesse período que foi implementada o sistema de Capitanias Hereditárias. O então território brasileiro foi dividido em 15 lotes e distribuídos para 14 capitães. Em 1548, o sistema administrativo muda e as capitanias desaparecem para dar origem a um governo mais centralizado, o Governo Geral.

Foi também durante esse período que a mão de obra indígena — bastante utilizada no primeiro momento — foi dando lugar ao tráfico de escravos. Também foi o fim do ciclo da cana de açúcar, o início do movimento das Bandeiras e do Ciclo do Ouro. E antes desse período chegar ao fim, em 1815, a família real portuguesa desembarca no país em 1808 fugindo das tropas de Napoleão Bonaparte.

4. Período Imperial

Marca o início do império português no Brasil, no qual o nosso país deixa de ser colônia e passa a se chamar Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Esse período vai de 1822 a 1889, quando acontece a proclamação da república, intercalado com um período de regência.

A corte portuguesa se instala em definitivo no Rio de Janeiro, o príncipe D. Pedro I se casa com a futura primeira imperatriz do Brasil, D. Leopoldina, entre outros acontecimentos:

  • Criação do Banco do Brasil;
  • Fundação da Biblioteca Real;
  • Abertura dos portos às nações amigas (Inglaterra);
  • Revolução Pernambucana;
  • Guerra da Cisplatina;
  • Confederação do Equador.

Vários outros acontecimentos marcantes estão nesse período como a proclamação da nossa independência de Portugal e o início do 1º Reinado, a abdicação de D. Pedro I em favor do filho, D. Pedro II, entre outros.

Ainda temos o período regencial, marcado por uma grande turbulência política e diversas revoltas — Malês, Cabanagem, Sabinada, Balaiada e Revolta dos Farrapos. E, para tentar resolver todos esses problemas, foi dado o Golpe da Maioridade, quando D. Pedro II subiu ao trono brasileiro com apenas 14 anos de idade.

Temos o início do segundo reinado no qual podemos identificar o sistema de plantation e o início do ciclo do café. Foi também durante esse período que o Brasil começou a ser pressionado pelos ingleses para abandonar o tráfico de escravos e assim, começaram a ser criadas as leis abolicionistas. Começaram os movimentos para derrubar a monarquia e também a famosa Guerra do Paraguai.

Em 1888, a Lei Áurea foi assinada pela princesa Isabel, então regente já que os pais estavam fora do país.  Por fim, com o país cheio de dívidas por causa da Guerra do Paraguai, em 1889 ocorre a Proclamação da República.

5. Período Republicano

Aqui podemos dividir em República Velha e Nova República. No primeiro período da república, foi implantada um tipo de ditadura militar na qual foram estabelecidas alianças como a política do Café com Leite e conflitos como a Guerra de Canudos.

Logo a seguir, em 1930 damos início a Era Vargas. Foi um período de grande importância econômica para o país com o crescimento industrial e também a criação da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Porém, no cenário político, a ditadura continuou e diversos partidos foram perseguidos e ameaçados.

Getúlio Vargas sai de cena, mas retorna em 1950 eleito pelo voto direto. Porém, os militares já estavam pensando no golpe e sob pressão, Getúlio se suicida na madrugada de 24 de agosto de 1954. 10 anos depois, ocorre o Golpe Militar no país com o apoio do governo dos Estados Unidos. Foram 21 anos de perseguições políticas, torturas e grande crescimento econômico brasileiro, mas que, por outro lado, deixou o país completamente endividado.

Após a ditadura, inicia-se a Nova República em 1988 com uma nova constituição — recebeu o apelido de Constituição Cidadã — totalmente democrática e com o primeiro presidente eleito pelo voto direto e secreto no período: Fernando Collor de Mello.

Collor sofreu impeachment em 1992 sendo o primeiro a acontecer no país. Logo em seguida, teve eleições presidenciais na qual vence Itamar Franco. Depois, Fernando Henrique Cardoso é eleito e torna-se presidente em 1995 e implanta o Real, conseguindo valorizar a moeda brasileira que persiste até os dias de hoje.

É claro que existem muitos outros acontecimentos históricos relevantes no nosso país, mas é impossível colocá-lo apenas em uma postagem. A intenção aqui é que você tenha um breve resumo que o ajude a lembrar do que estudou, principalmente poucos dias antes da prova. 

Salve este post nos seus favoritos para ter acesso fácil quando precisar e aproveite para dar uma olhada em outros conteúdos do nosso blog!

 

Compartilhe agora

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Receba nossas novidades

Mais sobre a Jandaia

A Empresa

Certificações

Sustentabilidade

Compromisso

© 2020 Jandaia | Grupo Bignardi - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: Agência Digital Lema