Evite acidentes ao andar de bicicleta

Como evitar acidentes andando de bicicleta

Sabia que alguns conceitos usados para treinar motoristas no CFC (Curso de Formação de Condutores) também podem servir para oferecer maior segurança para os ciclistas? Especialmente a parte que fala sobre direção defensiva. Acidentes com bicicleta são muito perigosos, pois o ciclista, apesar de estar vestido de maneira adequada com o equipamento de segurança (ou deveria estar) pode se machucar muito caso sofra algum acidente, muito mais do que o motorista ou qualquer outra pessoa dentro do carro.

O uso da bicicleta como meio de transporte vem crescendo em todos os locais do mundo, inclusive no Brasil. Só em São Paulo, houve um aumento de 183% na quantidade de viagens feitas de bicicleta. E esse comportamento se reflete em outras regiões do país.

As causas para esse aumento no transporte por meio da bike são muitas. Uma delas é a saúde. Muitas pessoas que não têm tempo de praticar exercício vão e voltam do trabalho pedalando. Além do mais, as pessoas estão muito mais preocupadas com o meio ambiente e com a poluição dos carros. Também é uma ótima maneira de evitar o estresse no meio do trânsito e em alguns casos, pode se tornar um transporte mais rápido.

Mas ainda há uma grande quantidade carros nas cidades, isso sem falar dos ônibus, caminhões e motos. Com tantos veículos rodando por aí, o ciclista precisa, cada vez mais, ficar atento para evitar acidentes. E, para ajudá-lo nisso, listamos uma série de dicas. Confira!

9 dicas para evitar acidentes de bicicleta

  1. Use o capacete corretamente

Só usar o capacete pode não ser o suficiente para proteger o ciclista. Ele precisa estar devidamente afivelado e ter o tamanho ideal para a cabeça, isso quer dizer que, ele não deve ficar nem muito apertado, nem muito folgado. Assim, se o seu capacete estiver balançando, nem que seja um pouco, você está em risco.

Na hora de escolher, teste vários modelos. Para saber se a fivela está do tamanho certo verifique se existe um espaço de 1 ou 2 dedos abaixo do queixo. Uma ótima maneira de testar se o espaço está bom é verificando se a boca consegue abrir tranquilamente.

 

  1. Tenha um bom conhecimento sobre a sua bike

Pedalar é muito bom não é mesmo? Algo simples como montar na magrela e sair por aí pedalando é algo bastante prazeroso. Mas da mesma maneira que um motorista precisa conhecer o carro e checá-lo antes de dirigir, o ciclista também precisa conhecer a própria bike. Antes de sair, cheque se os pneus estão murchos, se os freios estão funcionando adequadamente e se está tudo certo com a corrente.

Um deslize com esses itens pode gerar acidentes graves. Você também pode levar o seu meio de transporte para uma bicicletaria e pedir para que verifiquem se tudo está bem. Além disso, ajuste também a altura A sua postura precisa ficar adequada e os seus pés precisam alcançar os pedais com confiança.

  1. Fique atento à carga

Peso em excesso pode ser um problema para quem conduz a bicicleta, levando o ciclista a desequilibrar, por exemplo, nas curvas. Precisam carregar alguns itens? Você pode levá-los dentro da sua mochila ou então amarrá-los em um bagageiro que deve ficar acima do pneu traseiro ou em um cesto na parte da frente da bike. Ainda assim, não exagere.

  1. Vista roupas adequadas

Na hora de sair pedalando por aí, vestir as roupas certas é muito importante. Vestidos longos, por exemplo, podem embolar na corrente e causar um acidente. O mesmo vale para um cadarço desamarrado, portanto, muita atenção. Se preocupe também em utilizar roupas coloridas durante o dia para que você seja visto com mais facilidade. À noite, usar peças de tons fluorescentes e refletivas é essencial, além é claro, de usar farol, tanto traseiro quanto dianteiro.

  1. Evite o álcool

Se beber não dirija. Quem nunca viu, ouviu ou leu essa frase? Fica parecendo que apenas o motorista precisa evitar bebidas alcoólicas, mas a verdade é que mesmo quem anda de bicicleta não deve beber e depois subir na magrela. Às vezes, você pode até pensar que essa é a melhor opção, pois o risco é menor e não tem chance de parar numa blitz, ser multado e perder pontos na carteira.

A verdade é que beber e andar de bike pode ser bem perigoso. De acordo com o resultado de uma pesquisa feita pela Cochran, 37% dos acidentes fatais de bicicleta aconteceram com ciclistas que ingeriram bebida alcoólica.

  1. Não ande na contramão

Você utiliza as vias como qualquer carro, moto e outros veículos não é mesmo? Não é porque a bicicleta não tem um motor que você pode pedalar na contramão. Pode até não parecer, mas o risco de acidente é maior, afinal de contas, um carro não está esperando um meio de transporte vindo na contramão, então ele pode não perceber a sua presença.

  1. Comunique-se

A bicicleta não tem uma seta, mas você pode usar os braços para indicar quando precisa entrar numa rua ou que vai desviar de algo. Além disso, é interessante instalar uma sirene na bike, assim, é possível alertar não só os carros, como também os pedestres.

  1. Instale retrovisores

Os retrovisores são itens indispensáveis para quem precisa conduzir algum tipo de transporte. Ficar sempre olhando para trás é um risco muito grande porque você pode bater em algo que estiver à sua frente ou até mesmo atropelar alguém, além de uma baita dor no pescoço que você vai sentir no final do dia. Por isso, instale os retrovisores e facilite a sua vida.

  1. Não use calçadas

A calçada é apenas para pedestre. Você pode até pensar que já que não tem ciclovia na sua cidade, é melhor andar na calçada para evitar acidentes. O problema é que agora as chances de acidentes com pedestres são maiores e em qualquer situação, você estará errado já que o local da bike é na pista.

Quais outras dicas você tem para evitar acidentes ao andar de bicicleta? Comente aqui!

Compartilhe agora

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Mais sobre a Jandaia

A Empresa

Certificações

Sustentabilidade

Compromisso

© 2020 Jandaia | Grupo Bignardi - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: Agência Digital Lema