O que é fotofobia?

O que é fotofobia?

Descubra o que é fotofobia, principais sinais e sintomas e como tratar esse problema de saúde

Quando você acorda sente dificuldade de olhar pela janela em um dia ensolarado? Ou então, sente dificuldade de enxergar coisas em telas de computador ou smartphone e sempre precisa usar um modelo de óculos especial ou então filtros que deixem a tela com menos brilho. Bom, esses podem ser alguns sinais e sintomas da fotofobia.

A fotofobia é uma condição na qual o indivíduo sente grande dificuldade de olhar diretamente para a luz ou permanecer em ambientes claros. Os olhos podem começar a arder, lacrimejar e a pessoa pode sentir dor apenas por estar em um local com muita luminosidade.

É uma situação bastante comum e que pode ou não estar associada a um problema de saúde que pode ser desde uma irritação leve até uma lesão grave no cérebro. 

Confira abaixo um pouco mais sobre o assunto e entenda como essa condição pode ser tratada.

O que é fotofobia?

Você já sabe o que é fotofobia, mas vamos nos aprofundar um pouco mais nesse conceito. Ela se manifesta quando as células fotossensíveis, presentes na retina, não aguentam o excesso de luminosidade. Isso não significa que só tem fotofobia quem não suporta a luz de forma alguma, pois existem diferentes graus da condição.

Além do mais, nem sempre a fotofobia representa um problema ou está associada a alguma doença. Pessoas que possuem olhos mais claros, como azul ou verde, apresentam maior sensibilidade à luz já que não possuem muita pigmentação. Outro fator que deve ser levado em consideração é o tamanho da pupila: quanto maior ela for, maior será o grau. Afinal de contas, quanto maior for a pupila, mais luz entrará nos olhos.

Os tipos de fotofobia

Existem, basicamente, 2 tipos de fotofobia. A primeira é a crônica que se manifesta de maneira prolongada ou constante. Pode estar associada a alguma patologia ou ser uma condição natural como ocorre no caso, por exemplo, com as pessoas de olhos claros. Nesse caso, a fotofobia pode ter o seu grau reduzido, mas a cura não é possível.

A segunda é a aguda e que está, normalmente, associada a uma doença. Assim, como o problema, ou seja, a causa da fotofobia desaparecer, esse problema também passa a não mais existir.

Quais as principais causas?

As causas da fotofobia podem ser várias. Como já dissemos aqui, ela pode estar associada a alguma doença, mas também pode ser por causas genéticas como o albinismo ou mesmo pelo uso de medicamentos. Vejamos abaixo algumas das causas de forma mais detalhada.

Enxaqueca

Aqui no Brasil, a enxaqueca afeta mais de 30 milhões de pessoas de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) e é considerada a 6ª patologia mais incapacitante do mundo. O principal sintoma é a dor de cabeça de maneira bastante intensa e costuma afetar apenas um lado da cabeça. Normalmente, em quem enxaqueca possui fotofobia, mas ela se manifesta em momentos fora da crise. Ela pode ser bastante intensa e assim levar a pessoa a sempre preferir locais mais escuros ou preferência por sair à noite.

Traumas e lesões

Normalmente, a fotofobia ocorre nos dois olhos, mas em casos de traumas ou lesões, pode acometer apenas 1 em casos, por exemplo, em que a lesão foi na parte colorida dos olhos conhecida por íris. A fotofobia pode virar um problema crônico como uma sequela do trauma sofrido que não precisa ser necessariamente nos olhos, mas na região posterior da cabeça, responsável pela visão.

Lentes de contato

Pode acontecer de o paciente desenvolver a fotofobia depois de começar a usar as lentes de contato. Nesse caso, é importante que seja marcada uma consulta com o oftalmologista para saber se a lente não está danificada, se o grau não está errado ou se seria o caso de substituir as lentes pelos óculos, ainda que seja de maneira temporária.

Confira também o nosso post sobre a Síndrome de Irlen!

Catarata

A catarata é uma doença que costuma atingir pessoas em idade mais avançada. Ela consegue deixar o cristalino — um tipo de lente natural que fica nos olhos — embaçada e assim, quem tem catarata enxerga tudo como se houvesse um tipo de névoa. O cristalino torna-se opaco, como em um dia nublado. A fotofobia pode aparecer como um dos sintomas da doença e que desaparece depois de ser realizada a cirurgia.

Astigmatismo

Um problema que pode acometer qualquer pessoa e principalmente aquelas que passam muito tempo na frente do smartphone ou qualquer outro dispositivo do tipo sem nenhuma proteção. O astigmatismo é algo bem comum e também é normal que pessoas com esse problema tenham fotofobia. 

Quem tem esse problema apresenta dificuldade para enxergar de perto e de longe, pois a luz não forma um foco sobre a retina. O astigmatismo pode ser tratado com o uso de óculos e assim, também se resolve a fotofobia.

Olhos secos

Quem passa muito tempo sem piscar os olhos pode desenvolver o olho seco, ou seja, o olho não recebe a lubrificação adequada. É comum em pessoas que moram em regiões de clima seco, que passam grande parte do dia dentro de ambientes com ar condicionado, que passam horas em frente às telas do computador sem ter o cuidado de piscar os olhos constantemente e assim por diante.

A fotofobia é um dos sintomas que podem aparecer quando os olhos ficam secos. Eles ficam irritados e, por isso, mais sensíveis à luz.

Como funciona o tratamento?

O tratamento da fotofobia costuma estar relacionado com o tratamento da patologia que causou o problema. Por exemplo, quando o astigmatismo é resolvido ou corrigido, a fotofobia, que era um dos sintomas, costuma desaparecer. No caso de pessoas com olhos claros e albinos, pode ser realizado um tratamento para amenizar o desconforto e também algumas mudanças de hábitos.

Por exemplo, o uso de óculos de sol, de lentes fotossensíveis, lentes específicas para telas de computador, uso de umidificador de ar em locais com ar condicionado e outras estratégias podem ajudar a pessoa com fotofobia a ter uma vida melhor.

Compartilhe este post nas redes sociais e ajude outras pessoas que possuem o problema a entendê-lo melhor e assim, tratá-lo da maneira correta!

 

Compartilhe agora

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Receba nossas novidades

Mais sobre a Jandaia

A Empresa

Certificações

Sustentabilidade

Compromisso

© 2020 Jandaia | Grupo Bignardi - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: Agência Digital Lema