Miopia, presbiopia, hipermetropia e astigmatismo: saiba quais são as principais diferenças entre esses problemas de visão

Problemas de visão: o que são e quais as diferenças?

Miopia, presbiopia, hipermetropia e astigmatismo: saiba quais são as principais diferenças entre esses problemas de visão

Existem diversos problemas de visão que afetam as pessoas e alguns mais comuns que não chegam a ser uma patologia, mas sim uma condição de saúde que pode ser solucionada facilmente com o uso de lentes corretivas. Você não diz que alguém é doente só por que tem astigmatismo não é mesmo?

Alguns desses problemas de visão mais comuns são: miopia, presbiopia, hipermetropia e astigmatismo. Alguns deles vão se desenvolvendo ao longo da vida e depois estacionam quando chegamos a certa idade. 

Veja também sobre outro problema de visão: a Síndrome de Irlen!

Mas qual é a diferença entre eles? Como saber qual tratamento devo procurar para um dos problemas? Bom, para lidar melhor com isso o mais importante é ter boa informação e é exatamente isso que você tem aqui. Confira!

As diferenças entre os problemas de visão

Miopia

Quem tem miopia consegue enxergar bem os objetos que ficam próximos, mas se você pedir para ele identificar uma pessoa que vem atravessando a rua de longe, não reconhecerá, pois não enxergam bem qualquer coisa que esteja distante.

E o grau? O que isso tem a ver? O grau é um termo utilizado para graduar o quanto uma pessoa consegue enxergar de perto e de longe. No caso da miopia, quanto maior o grau, maior a dificuldade de ver à distância e nem precisa ser muita. Na verdade, quem tem um grau elevado de miopia só consegue ver um objeto nitidamente a poucos centímetros de distância.

Esse é um problema de visão que costuma afetar de forma mais intensa as crianças e os adolescentes. Depois dessa fase, o grau vai entrando em um platô e se estabiliza. Uma característica da miopia é que é bastante comum ver membros da mesma família com o problema.

Hipermetropia

Ao contrário da miopia, a hipermetropia acontece quando a pessoa tem dificuldade de enxergar objetos próximos. É um problema bastante comum e ocorre quando a imagem se forma depois da retina e não sobre ela. Esse é um assunto que, provavelmente, você verá ou já viu nas aulas de biologia e também nas aulas de física.

Aqui não há uma grande dificuldade de enxergar objetos de longe, mas quando eles ficam próximos, é muito mais fácil, por exemplo, de ver os detalhes.

A pessoa com hipermetropia já nasce com o problema que é, basicamente, uma deformidade no globo ocular. É possível que o portador tenha o globo ocular um pouco mais achatado ou que a córnea seja mais plana. Assim, a imagem que forma na retina fica incorreta e é essa mesma imagem borrada que chega no cérebro. Assim, o problema é 100% por causas genéticas.

Presbiopia

Nesse caso, a pessoa não nasce com o problema, ela desenvolve a presbiopia com o passar dos anos. Na verdade, a presbiopia é uma perda do foco que ocorre lentamente. Assim, é um “problema de visão” natural, ou seja, vai acontecer com todas as pessoas em algum grau. Ela começa aos 40 e aos 50 anos é certo que todos terão esse problema.

Aqui, a focalização dos objetos próximos fica prejudicada. Acontece que, a estrutura que ajuda a focalizar os objetos é o cristalino, um tipo de lente que se ajusta à luz por conta do movimento dos músculos ciliares. Só que, com o passar dos anos, esses músculos já não se movimentam da mesma forma e assim, o cristalino não se movimenta mais como deveria para focalizar a luz, Por isso, as imagens começam a ficar borradas.

Além da idade, existem outras coisas que podem intensificar a presbiopia como algumas condições de saúde que, por si só, já afetam a visão como diabetes, anemia, esclerose múltipla e outros. Há também alguns medicamentos que podem adiantar o processo, desenvolvendo a presbiopia precoce como os antidepressivos, diuréticos e anti-histamínicos.

Astigmatismo

O astigmatismo é um dos problemas de visão mais comuns que existe. Ele também é um problema leve e fácil de ser tratado. Quem tem astigmatismo pode apresentar uma visão borrada ou distorcida por conta de uma imperfeição na córnea ou na lente.

O ideal é que essas partes do olho sejam simétricas, ou seja, como uma bola de basquete. Mas algumas pessoas desenvolvem imperfeições no globo ocular ou no cristalino e, por conta disso, não conseguem focar no objeto.

Confira também o que é fotofobia e como esse problema pode afetar o seu dia a dia!

É como se a luz batesse em uma superfície irregular e assim, é direcionada para vários lados diversos, não tendo um foco. O astigmatismo pode estar associado a outros problemas de visão como a miopia e a hipermetropia. É comum também que o problema se agrave com o avançar da idade, mas nada que cause grandes prejuízos ao dia a dia.

O problema pode estar presente desde o momento do nascimento ou então pode se desenvolver com o passar do tempo. Nesse caso, pode-se formar uma lesão no globo ocular por conta de uma doença ou cirurgia, por exemplo.

E, ao contrário do que a maioria pensa, o astigmatismo não é agravado pelo excesso de luminosidade como sentar perto da TV ou pela falta de luz como ler um livro em local escuro. Porém, há sim um hábito que pode causar ou intensificar o problema: coçar o olho.

Ao coçar o olho você exerce certa pressão que, a depender da intensidade e da frequência, pode causar microlesões e assim, alterar a superfície lisa. Essa superfície é necessária para a formação da imagem perfeita e quando ela não existe mais, tem-se a imagem borrada.

Agora que você já entendeu bem como funciona e como é cada um dos problemas pode ser que já tenha identificado o seu. Se esse for o caso, o próximo passo é marcar uma consulta com o oftalmologista. Não é normal ver os objetos borrados e pode ser necessário o uso de lentes corretivas. Você pode optar pelas lentes de contato ou por armações estilosas que todo mundo ama.

Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a entender melhor sobre esses problemas de visão!



Compartilhe agora

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Receba nossas novidades

Mais sobre a Jandaia

A Empresa

Certificações

Sustentabilidade

Compromisso

© 2020 Jandaia | Grupo Bignardi - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: Agência Digital Lema