CADERNOS, CADERNETAS, PLANNERS, AGENDAS, BLOCOS E MUITO MAIS!

FoodTech e carne de laboratório: como será a alimentação do futuro?

Saiba o que são as Food Techs, como são feitas as carnes de laboratório e porque cientistas acreditam que isso faça parte da alimentação do futuro.

Você sabe o que é uma Food Tech? Já ouviu falar em carne de laboratório? De algum tempo pra cá, esse é um assunto bastante comentado no setor de tecnologia de alimentos.

Já existem várias empresas no mundo se dedicando ao desenvolvimento de carnes artificiais, que são muito parecidas com a carne em questão de textura, aromas e sabor, mas que não necessitam do sacrifício de animais para sua produção.

Para que você fique por dentro do assunto, vamos explicar tudo o que você precisa saber.

 

O que são Food Techs?

A palavra é uma junção de Food (alimentos) e Tech (tecnologia), e trata-se de um conceito de empresas e projetos que se utilizam de tecnologias como Internet das coisas (IoT), Inteligência Artificial (IA) e Big data, para modernizar a indústria agroalimentar, tornando mais eficiente e sustentável.

Geralmente, essas empresas e projetos atuam no formato de Startups inovadoras, que são empresas focadas em investir no desenvolvimento de novos alimentos e outros produtos, que sejam criativos e tecnológicos.

A ideia é usar a tecnologia como uma resposta inteligente para os desafios contemporâneos como o crescimento da população, a segurança alimentar, digitalização da sociedade, mudanças climáticas, escassez de recursos naturais, impacto ambiental da indústria alimentícia, desperdício de alimentos, etc.

Ainda são poucas as empresas atuando nesse setor, mas considera-se que é um segmento que tende a crescer, especialmente porque as novas gerações estão mais preocupadas com o impacto do seu consumo no planeta e com a promoção da sustentabilidade.

E o que é essa tal carne de laboratório?

Consiste em uma alternativa criada de forma artificial que pode se tornar uma opção no mercado, considerando que as crises econômicas afetam o preço da carne e que tem crescido o número de consumidores preocupados com os efeitos da pecuária para o meio ambiente e também para a saúde humana.

Um dos grandes desafios desta indústria é conseguir replicar as características da carne tradicional para conseguir conquistar um público mais amplo. Porém, esse é um processo bastante difícil.

Para conseguir desenvolver uma carne de laboratório, os cientistas precisam isolar células-tronco de um animal e dar condições para que elas se multipliquem em laboratório, fazendo o processo de regeneração de músculos, tecidos e gorduras.

Porém, o processo ainda é questionado, especialmente pelos veganos e depende de regulamentações concedidas pelas instituições e governos responsáveis pelo setor alimentício e de segurança alimentar.

Além disso, para que o produto se popularize, será preciso convencer os consumidores quanto às questões dos impactos ambientais e competir com as alternativas plant-based, que são os produtos criados apenas a partir de plantas.

E aí, você comeria a carne do futuro?

Se você curte conteúdos sobre meio ambiente e tecnologia, pode conferir vários posts incríveis aqui no Blog.

E não deixe de passar no nosso site para conferir todas as novidades!

 

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

© 2021 Jandaia | Grupo Bignardi – Todos os Direitos Reservados

Feito com 🧡 por Conteúdo Conecta