Série Geeks – Alan Turing

Série Geeks – Alan Turing

Continuando a nossa série sobre o Geeks mais importantes para a história da tecnologia mundial, neste post apresentamos a história do Pai da Computação: Alan Turing.

Seu nome era Alan Mathison Turing, ele nasceu em 23 de junho de 1912, em Londres, na Inglaterra. Era matemático, cientista da computação, criptoanalista, lógico, filósofo e biólogo teórico.

Turing trouxe importantes contribuições para diversas áreas e ficou amplamente reconhecido como o Pai da ciência da computação teórica e da inteligência artificial. Ajudou a abrir caminhos que até então eram inexistentes, permitindo o avanço da programação de computadores e a consolidação do conceito de algoritmo.

Quando criança, ele estudou em uma escola particular, e mais tarde entrou na Universidade de Cambridge. Em 1936, ingressou na Universidade de Princeton, nos EUA, para obtenção do título de doutorado em lógica matemática.

Nessa época, ele apresentou uma teoria para a criação de um aparelho que recebeu o nome de “máquina de Turing”. Ela se tornou a base para a criação dos computadores digitais. Seu doutorado foi concluído em 1938.

Turing e a Segunda Guerra Mundial

O reconhecimento de Alan Turing também teve influência da sua atuação na Segunda Guerra Mundial, quando descobriu como decifrar um código de comunicação usado pelos nazistas.

Em setembro de 1939, quando a Inglaterra entrou em guerra com a Alemanha, ele trabalhou para o serviço secreto inglês, juntamente com outros cientistas. Turing liderava um grupo chamado Hut 8 que fazia parte da estação de decifração de códigos chamada de Bletchley Park.

Eles criaram uma máquina, a The Bombe, capaz de decifrar os códigos, principalmente aqueles enviados pela marinha alemã, que possuía submarinos temidos em toda a Europa.

Acredita-se que sem a ajuda de Turing e sua equipe, a guerra teria continuado por pelo menos mais dois anos, e outras milhões de vidas poderiam ser perdidas.

Criação de computadores

Após a sua atuação na Segunda Grande Guerra, Turing passou a trabalhar no Laboratório Nacional de Física do Reino Unido, onde criou seu primeiro projeto de computador eletrônico.

Mais tarde, em 1948, foi para a Universidade de Manchester, onde foi construído o primeiro computador digital operacional do mundo. Foi Turing quem projetou os sistemas de entrada e saída de programação do computador.

Últimos anos de vida

Turing tinha uma personalidade forte, tinha dificuldades em respeitar regras ou figuras de autoridade. Desde cedo, ele era visto como um estranho, especialmente porque era introvertido.

No ano de 1952, ele foi condenado por ser homossexual. Na época, a Grã-Bretanha considerava isso como um crime. Para não ser preso, ele aceitou a condenação alternativa que era um tratamento com hormônios femininos e castração química.

Por conta de seus antecedentes criminais, ele não pôde mais atuar no centro de deciframento de códigos do governo e passou seus últimos anos trabalhando na Universidade de Manchester, onde pesquisava sobre a criação artificial de seres vivos.

Turing foi encontrado morto em sua casa, no dia 7 de junho de 1954, quando tinha 42 anos de idade. A causa era um envenenamento por cianeto, que foi administrado por ele mesmo. Por conta disso, a morte foi considerada como suicídio, mas familiares e pessoas próximas acreditam que pode ter sido um acidente ou assassinato.

Reconhecimento

No ano de 2009, após uma ampla campanha realizada na internet, o Primeiro-ministro britânico Gordon Brown, fez um reconhecimento público com pedido oficial de desculpas, por conta da forma como Turing foi tratado após sua atuação na Segunda Guerra Mundial.

Em 2013, ele recebeu de Elizabeth II o perdão real pela condenação por homossexualidade.

Todos os anos, desde 1966, uma pessoa recebe o Prêmio Turing, um reconhecimento para grandes contribuições à ciência da computação. O prêmio é considerado como o Nobel da Ciência da Computação.

A sua história foi contada no filme “O Jogo da Imitação”, lançado em 2014.

Seu legado permanece até hoje e é indiscutível como foi importante para a tecnologia da computação ser o que é na atualidade.

Incrível essa trajetória, né!? Esperamos que você tenha gostado desse conteúdo!

Aproveitamos para te convidar para conferir os nossos produtos. Temos várias linhas incríveis esperando por você.

Acesse o site da Jandaia.

Compartilhe agora

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

© 2021 Jandaia | Grupo Bignardi – Todos os Direitos Reservados

Feito com 🧡 por Conteúdo Conecta