Tecnologia do cinema

Tecnologia no cinema

As tecnologias mais usadas no cinema para produção de efeitos especiais

O cinema é conhecido como o lugar onde tudo pode acontecer. Ao longo dos anos, muitas tecnologias foram sendo desenvolvidas para permitir a criação de efeitos inovadores, criativos e surpreendentes.

Todas as técnicas criadas e aperfeiçoadas têm como objetivo melhorar a experiência do público e, sem dúvidas, conseguem despertar a imaginação. Na há limites na criação de diretores e especialistas em efeitos especiais.

Você, com certeza, já deve ter visto alguma cena icônica e ficou se perguntando como aquilo foi feito. Ou então, como foi possível a criação de seres como dinossauros, dragões e outras criaturas e colocá-las em interação com humanos nas cenas.

Se isso te desperta curiosidade, então continue aqui, pois vamos falar um pouco sobre as tecnologias que estão por trás dessas impressionantes criações.

Mas, antes disso, é importante destacar que não são somente as cenas mais mirabolantes que são gravadas em estúdio utilizando efeitos de computação gráfica. Cenas corriqueiras como alguém caminhando na rua ou descendo um elevador, também podem ser gravadas dessa forma.

Raramente você vai assistir a um filme que não utilize efeitos visuais e especiais. O avanço da tecnologia permite que a cada dia o cinema se torne mais inovador. Vamos conhecer quais são os truques mais comuns para se fazer essas cenas.

 

Chroma Key

O chroma Key é uma das técnicas mais utilizadas no cinema em geral e também na televisão. Trata-se do famoso fundo verde que permite que parte da cena seja gravada e posteriormente, com ajuda da computação gráfica, os outros elementos sejam inseridos no vídeo.

 

Stop Motion

É uma técnica onde se utilizam animações, quadros ou fotos estáticas com uma sequência lógica e ao uni-las, se obtém o vídeo. É considerada ultrapassada no cinema, porém, ainda é bastante utilizada na produção de curtas-metragens e de animações.

 

Pontos de captura

Para que seja possível garantir que os personagens animados possam se movimentar de uma forma realista, é utilizado um efeito conhecido como pontos de captura.

Esses pontos consistem em pequenos sensores de movimento que são grudados em locais estratégicos no corpo dos atores que depois serão substituídos no vídeo pelos personagens animados.

Então, no momento da edição, as expressões faciais e os movimentos são harmonizados com os movimentos, o que produz a sensação de realidade.

 

Bullet Time

Nesse efeito é utilizado o fundo chroma key e várias câmeras são posicionadas de forma a disparar uma sequência fotográfica de diferentes ângulos.

O Bullet Time apareceu pela primeira vez no filme Matrix, em 1999, onde possibilitou a criação de uma das cenas mais icônicas desse clássico, em que tiros disparados são mostrados em câmera lenta e 360 graus.

 

Filmes famosos que utilizaram essas tecnologias

Avatar

Dirigido por James Cameron é um dos filmes que mais se destacam quando o assunto são os efeitos especiais.

A produção conseguiu estabelecer novos parâmetros quanto a modelagem em 3D, inovou na forma de capturar os movimentos e chegou a utilizar mais de duzentos cortes de efeitos especiais.

O resultado foi surpreendentemente realista e não é à toa que se tornou o filme com a maior arrecadação de bilheteria de todos os tempos, além de garantir várias premiações no Oscar de 2010.

 

Senhor dos Anéis

Com uma produção grandiosa, a obra do Diretor Peter Jackson está entre os filmes com visual mais impressionante. O trabalho de ambientação é rico em efeitos especiais.

O filme tem uma elevação tecnológica que impressiona e um dos pontos de destaque é o personagem Gollum. Totalmente criado com computação gráfica, a criatura tem expressões e movimentos muito realistas. Foram utilizados os pontos de captura para conseguir a harmonia e fluidez.

 

Jurassic Park

Quando lançado em 1993, o filme revolucionou a época retratando os dinossauros de uma forma nunca antes vista. Steven Spielberg utilizou o Stop Motion para conseguir criar as cenas.

Uma boa parte dos animais foram desenvolvidos usando uma técnica chamada animatrônica, que junta eletrônica e robótica. Além disso, foi necessário o auxilio de computação gráfica para ser possível a criação de movimentos realistas.

 

Harry Potter

A sequência Harry Potter conta com filmes com uma excelente combinação de efeitos visuais e especiais. Um exemplo de cena que impressiona pela qualidade acontece no primeiro filme da Saga: Harry Potter e a pedra filosofal.

Na cena, Harry, Hermione e Rony precisam encontrar a chave certa para a porta em meio há várias que estão voando. Harry usa a vassoura para voar em busca da chave. Além das técnicas para permitir a cena do voo, as chaves foram inseridas após as gravações por meio de computação gráfica.

 

Qual filme te deixou mais impressionado pelos efeitos especiais? Conta pra gente!

E não esqueça de visitar o site da Jandaia e conhecer os nossos produtos. Temos linhas incríveis de cadernos com capas de grandes clássicos do cinema.

 

Compartilhe agora

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Mais sobre a Jandaia

A Empresa

Certificações

Sustentabilidade

Compromisso

© 2021 Jandaia | Grupo Bignardi - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: Agência Digital Lema